M  A  D  E  P

WhatsApp Image 2021-11-16 at 19.01.38.jpeg

VISUALIDADE
performance na Av. da República, outono de 2021

Para iniciar a segunda etapa do trabalho incorporou-se elementos e artifícios de outra artista. Anastasia Savinova, em sua série chamada LandFace, cria uma série fotográfica onde explora a conexão íntima com elementos da natureza local para absorver e se mesclar ao ambiente natural. Para a abordagem visual incorporou-se elementos mais urbanos, presentes na Av. da República, para a sincronia do artista com o espaço. A partir dessa experiência, o que antes o era estranho e indesejado, torna-se pessoal e íntimo e é  estabelecido um laço de continuidade do corpo com o ambiente, um tratado de conciliação:

     "Sinto-me mais presente pois aceitei que somos estranhos, forasteiros: eu e o espaço estamos de passagem. Para onde o tempo leva-me e a este lugar com tanta urgência? Por que as coisas parecem tão opacas, sem vitalidade? Existe vida escondida, desapercebida. É necessário usar as lentes da sensibilidade: elas estão dispostas neste chão, nos muros, deitadas nos cantos, abandonadas. Trajei-os e percebi que a vida está aqui, por vezes opaca, apagada pelo tempo, levada pela efemeridade, mas ainda assim viva, rápida e dinâmica como este instante que passou."

VISUALIDADE - "TRATADO DE CONCILIAÇÃO"
desenvolvimento de conteúdo visual, outono de 2021

O resultado da conciliação é uma montagem visual da 
experiência. A partir de um envelope, como um "tratado de conciliação", o artista compõe com fotografias, mapeamento e dobras um retrato físico dessa abordagem. O material propõe uma interação do espectador, exigindo dele uma aproximação e contato para que cada elemento seja montado e disposto, interação essa que alude à experiência do próprio artista. pois a partir dela pode conectar-se e  compreender melhor o espaço.